Candidíase


Conceito            Transmissão            Sintomas            Tratamento

Conceito

A candidíase, especialmente a candidíase vaginal, é uma das causas mais freqüentes de infecção genital. Caracteriza-se por prurido (coceira), ardor, dispareunia (dor ao coito) e pela eliminação de um corrimento vaginal em grumos, semelhante à nata do leite. Com freqüência, a vulva e a vagina encontram-se edemaciadas (inchadas) e hiperemiadas (avermelhadas). As lesões podem estender-se pelo períneo, região perianal e inguinal. No homem apresenta-se com hiperemia da glande e prepúcio e eventualmente por um leve edema e pela presença de pequenas lesões puntiformes, avermelhadas e pruriginosas. Não é uma doença de transmissão exclusivamente sexual. Existem fatores que predispõe ao aparecimento da infecção: diabetes melitus, gravidez, uso de contraceptivos orais, uso de antibióticos e medicamentos imunosupressivos, obesidade, uso de roupas justas etc.

topo

Transmissão

A transmissão da candidíase se dá pelo contato com secreções da boca, pele e vagina e dejetos de pessoas contaminadas. Além disso, a mãe pode transmitir este fungo para o bebê durante o parto. A cândida é tida como um fungo saprófito, ou seja, convive normalmente com o ser humano saudável em locais como a vagina, a boca e a pele. No entanto, em momentos de alteração da imunidade (stress, doenças) ou por alterações do meio-ambiente (como uso de substâncias que alteram o pH vaginal), esse fungo pode se proliferar e causar sintomas. Também são comuns sintomas leves em crianças saudáveis e gestantes.

topo

Sintomas

Durante o ato sexual, a mulher com candidíase transmite-a ao homem, que dificilmente desenvolve os sintomas - eventualmente o parceiro sexual aparece com pequenas manchas vermelhas no pênis, mas acaba se tornando um reservatório da doença. Devido a isso, o homem deverá fazer também o tratamento, para que ele não retransmita a doença para a mulher que já estiver curada. O diagnóstico é clínico, através de exames de laboratório e o papanicolau (exame preventivo de câncer).

topo

Tratamento

O tratamento é feito com antifúngicos sistêmicos (usados via oral) ou tópicos (cremes e soluções), de acordo com cada caso.

Além disso, deve-se obedecer rigorosamente a uma higiene pessoal, evitar relações sexuais durante o tratamento.

topo