Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
FacebookTwitter1YoutubeInsta

Reitoria esclarece dúvidas sobre jornada de 30 horas

Os servidores da reitoria se reuniram na manhã desta quinta-feira, 5 de setembro, para tirar dúvidas sobre a flexibilização da jornada de trabalho dos administrativos.

altA flexibilização foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Superior no último dia 3. 

Durante a reunião desta quinta, foi realizada uma votação para eleger três servidores administrativos que formarão a subcomissão que apresentará a viabilidade da flexibilização em cada setor da reitoria. Foram eleitos: Abner Branchini Golçalves, Paulo Henrique Ruffo, ambos da Diretoria de Finanças, e Alexandre Cardoso, da Diretoria Administrativa.

O chefe de gabinete, Aldemir Versani, lembrou que este é um momento histórico no IFSP, já que a implementação da flexibilização de jornada de trabalho havia sido sugerida outras vezes, mas não foi efetivada. 

O presidente da Comissão das 30 horas, Ivan da Conceição Souza, explicou que os estudos realizados pela Comissão levaram em conta o processo utilizado nos 12 Institutos Federais que já publicaram a implementação da jornada de 30 horas. “Também nos atentamos aos problemas enfrentados por cada um para melhorarmos as condições e nos adequarmos, assim temos uma resolução aprimorada”.

Um dos maiores problemas, para os outros Institutos Federais que implantaram a flexibilização, segundo Ivan, foi a falta de controle do horário de trabalho. “Aqui no IFSP, vamos criar uma subcomissão em cada um dos campi para acompanhar a implementação da jornada de 30 horas”, ressaltou. Cada subcomissão será formada por três servidores administrativos sem relação com a direção. Os grupos trabalharão junto à Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos de Técnicos Administrativos em Educação (Cista).

A Resolução nº 963, de 3 de setembro de 2013, que aprova o regulamento da jornada de trabalho dos servidores técnico-administrativos do IFSP, estabelece que todos os setores deverão atender ao público ininterruptamente por, no mínimo, 12 horas diárias.

Aldemir Versani lembrou que todos os documentos e estudos sobre a flexibilização estão disponíveis no site do IFSP, e podem ser acessados por qualquer cidadão. “Qualquer pessoa pode denunciar a falta de atendimento de um setor. As 30 horas vão beneficiar, principalmente, o público, que terá um serviço prestado de forma mais eficiente, já que os servidores trabalharão mais satisfeitos.”

Ivan da Conceição Souza encerrou a reunião com uma frase do especialista em Gestão de Pessoas, Jim Rolin.  “Você não é pago pelas horas, você é pago pelo valor que você traz para a hora.”

A subcomissão tem até 60 dias para entregar o levantamento que mostra a viabilidade da flexibilização para então ser implantada a nova carga horária na reitoria. O grupo está mobilizado, no entanto, para que a flexibilização inicie no próximo mês. Seus integrantes já visitaram a todos os departamentos para uma conversa preliminar, além de solicitarem aos setores uma escala de trabalho. Na próxima semana, a subcomissão divulgará o cronograma de reuniões em cada departamento da reitoria. 

Acesse aqui todos os documentos publicados pela Comissão das 30 horas.

altalt

 

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
Rua Pedro Vicente, 625 - Canindé - São Paulo - SP - Brasil - Cep: 01109-010

Movido à Joomla!